‘Precisamos acreditar, ter fé, nos agarrar a alguma coisa, porque não dá para largar a vida. Só temos uma’

São várias correntes de pensamento das quais as pessoas se alimentam. Elas têm de acreditar em alguma coisa, que a missão de todos já estava completa na Terra, ao contrário da minha. Outros acreditam que todos já nascem com um projeto definido. Então o meu destino era estar aqui hoje, poder falar, contar a história do que realmente aconteceu, que pode mudar a vida de muita gente. Precisamos acreditar, ter fé, nos agarrar a alguma coisa, porque não dá para largar a vida. Só temos uma.

Rafael Henzel, no livro ‘Viva como se estivesse de partida’

 

Rafael Henzel, sobrevivente do acidente aéreo da Chapecoense, faleceu hoje após sofrer um infarto enquanto jogava futebol.

O jornalista, natural da cidade de São Leopoldo, do Rio Grande do Sul, sobreviveu a tragédia do voo LaMia 2933, que aconteceu em 2016. Hoje, ele nos deixa um legado que não deve ser esquecido: é preciso viver, de fato, como se estivéssemos de partida.

Foto por Paula Mariane